BLOG

UNICEF realiza campanha sobre a espera do trabalho de parto

Por Karen Cambero Fisioterapeuta Pélvica e Doula A UNICEF criou uma campanha com o tema “Quem espera, espera”. Essa campanha tem o objetivo de incentivar e informar os benefícios de esperar o trabalho de parto, a fim de diminuir o número de agendamentos de cesáreas eletivas. O que acho importante ressaltar é que a campanha […]

20 de abril de 2017
healize-gravidez-unicef-parto

Por Karen Cambero

Fisioterapeuta Pélvica e Doula

A UNICEF criou uma campanha com o tema “Quem espera, espera”. Essa campanha tem o objetivo de incentivar e informar os benefícios de esperar o trabalho de parto, a fim de diminuir o número de agendamentos de cesáreas eletivas.

O que acho importante ressaltar é que a campanha não é pró-parto normal, nem contra cesáreas, mas que independente da via de parto que o casal aguarde o tempo do bebê e que espere o trabalho de parto se iniciar, pois esse é um dos únicos sinais de que o corpo desse bebê estará pronto para viver com saúde aqui do lado de fora, favorecendo uma adaptação mais tranquila. Se você optou por ter seu bebê de cesárea e não abre mão disso, tá tudo bem!

Esse texto não é pra te convencer do contrário disso, o que estamos falando aqui vai além de que lugar o bebê irá sair; estamos falando sobre estar pronto para nascer seja de Cesárea, seja parto normal.

Você tem a opção de aguardar o sinal do bebê para fazer a cesárea e só o fato de aguardar esse sinal você já conseguirá vários benefícios para a saúde do seu bebê.

Grandes exemplos de bebês nascidos antes da hora são os bebês que nascem com desconforto respiratório por imaturidade do pulmão e precisam de ajuda para respirar logo após o parto, alergias alimentares e respiratórias, maior chance de refluxo por imaturidade gástrica e também dificuldades com amamentação, visto que os hormônios do trabalho de parto são peças chances para a descida do leite materno e para tudo isso que pode acontecer a prevenção é aguardar seu bebê estar pronto.

Pensem no bebê como a borboleta no seu casulo, deixe que o bebê escolha estar pronto para nascer, será o primeiro trabalho em equipe que vocês terão.

Assista ao vídeo!

https://www.youtube.com/watch?v=rd67QTdmujE

Depoimentos

Minha doula, Karen, que me mostrou que muitos “nãos” podem ser convertidos em um único “sim”. Aquele que terá valor para o resto de sua vida, como a fênix faz a mulher renascer das cinzas, que faz adormecer a mulher fragilizada, para dar espaço a mulher dona de si, do seu destino e mãe. E que fez tudo para que isso acontecesse de uma forma serena, cheia de luz e paz. Para você, querida, que foi meu porto seguro, que fez tudo e que viveu minha perda e tornou isso a maior conquista e descoberta da minha vida: Todo amor que houver nessa vida.

Marilene Pereira

A drenagem linfática sempre me ajudou desde antes da gestação, mas principalmente durante ela, quando os inchaços são mais constantes. Além disso, contar com uma profissional bem atualizada me deixa bastante tranquila em relação ao parto (Karen será minha doula), sem contar todo o acolhimento recebido.

Juliana Ferraz

Conheci a Pamela este ano e recebi um enorme benefício para meu corpo e minha saúde. Sua conduta é profissional de grande qualidade, dedicação e seriedade, sempre preocupada em estudar a saúde de cada paciente em particular. Indico sempre seu trabalho!

Liliana

Bem , conhecer a Karen foi um prazer para mim , Gio e nosso filho Pedro . Iniciamos o preparo perineal com ela no terceiro trimestre de gestação com uma consulta atenciosa e profissional na clinica Healize. Tive uma dedicação da Karen desde o primeiro contato, e eu mesmo sendo médica precisei de muitas informações para meu desempenho no parto. Mesmo com o preparo que nosso corpo nos dá para o parto , a massagem perineal e o uso do EPi nos deixaram seguras frente ao trabalho de parto. O Pedro nasceu de 39 semanas e 3 dias de parto normal sem ipisiotomia sem nenhuma laceração em meu períneo , isso nos deixou muito gratas com o atendimento recebido na Healize.

Carolina Cresciulo

Tenho 68 anos e há 2 anos atrás não estava bem, com o corpo todo enrijecido, fortes dores me impossibilitando de andar ou subir degraus, foi quando decidi experimentar o Pilates, foi a minha cura. Gostaria de dizer que o Pilates tem que ser muito bem orientado e bem acompanhado, o que encontrei na Healize, com uma profissional séria, competente e que está sempre se atualizando com cursos e estudos.

Aidir Maria