BLOG

Relato de Parto – Ana Paula

Relato de Parto Natural Domiciliar Hoje venho contar aqui pra vcs como foi o dia que minha estrelinha nasceu! Meu terceiro bebê! Nosso bebê surpresa… Primeiramente quero dizer que a expectativa é uma bosta! Kkkk E Doula também é ser humano e fica insegura com seu próprio parto, ansiosa, nossa como tava ansiosa!!! Pra quem […]

6 de fevereiro de 2017
img-20170131-wa0002

Relato de Parto Natural Domiciliar

Hoje venho contar aqui pra vcs como foi o dia que minha estrelinha nasceu! Meu terceiro bebê! Nosso bebê surpresa…

Primeiramente quero dizer que a expectativa é uma bosta! Kkkk

E Doula também é ser humano e fica insegura com seu próprio parto, ansiosa, nossa como tava ansiosa!!!

Pra quem me conhece um pouco sabe que meu filho do meio nasceu de 38 semanas e por conta disso esperávamos que a Catarina viesse igual…com 37 semanas começaram os pródomos ( contrações que antecedem o trabalho de parto) e uma noite tive 5 horas de pródomos e por conta do outro trabalho de parto ter sido muito rápido fiquei com medo de engrenar e veio toda a equipe aqui pra casa, num belo momento as dores sumiram e todos foram embora…No dia seguinte vem a frustração…parece que o dia de nascer não vai chegar nunca! Os dias passaram lentamente, vieram outros episódios de pródomos porém menos intensos e os dias seguiram…

Até o dia que ela escolheu vir!

Eu com 39 semanas e 4 dias em uma noite de quinta-feira estávamos na cama meu marido e eu depois de uma deliciosa massagem, sexo e uma gostosa conversa quando decidimos dormir lá pelas 1 e pouco da manhã. Virei pro lado e as cóliquinhas começaram a incomodar, pedi a ele que esquentasse uma bolsinha quente para eu colocar na barriga e conseguir adormecer, tentei mas não rolou, aumentou…pensei oh não mais uma noite de pródomos! Pedi a ele que pegasse a cadeira pra eu sentar no chuveiro e lá fui eu…assim que levantei percebi q as dores aumentaram, assim que ele voltou com a cadeira pedi que ele ligasse para uma de minhas Doulas (Evelin) para vir pra minha casa e me ajudar como ela havia se oferecido para o caso de eu entrar em pródomos de novo…

Dois minutos depois disse pra ele que estavam muito fortes que era pra avisar a equipe toda, pedi que chamasse meu filho mais velho para monitorar as contrações e ele (meu esposo) poder cuidar das coisas todas…Arrumar a casa que estava uma zona, encher a piscina etc kkkk

Meu filho mais velho começou a monitorar e me perguntava, leve, médio ou forte mãe? Kkkk depois de umas três vzs que ele perguntou falei: Forte Matheus, não precisa perguntar mais! Estão todas fortes! Kkkk

Assim que meu esposo mandou a msg ( era 1:50 hr da manhã) no grupo do parto, uma das parteiras (Giovanna) já respondeu e pediu para q eu saísse do chuveiro pra ver como estavam as contrações. Sai do chuveiro com muito custo já que a água alivia bastante a dor, nessa altura tinham se passado uns 15 min e a dor já estava no nível hard. Saí e a Giovana me ligou, pela minha voz ela reconheceu que eu estava realmente em trabalho de parto e disse que estava vindo!

Desliguei o telefone e voltei para o meu abençoado chuveiro!!! Continuamos o monitoramento e pensei, será que o povo não estão vindo a toa pra cá de novo??? Sim! Doula também duvida que está em trabalho de parto!!!

Logo que voltei para o chuveiro minha adorável Doula Evelin chegou, nesse momento já estava passando pelo processo de limpeza do corpo e fui varias vezes ao banheiro evacuar, numa delas vi que saiu sangue e tive certeza que estava em trabalho de parto (Meu colo estava dilatando!!!) eu já vocalizava bastante e pensei: “ Poderia ter a sorte de ter 40 min de trabalho de parto como a Ju” kkkkk (Ju é uma sobrinha minha que teve 40 min de trabalho de parto! Isso mesmo! 40 min)

Em um determinado momento não sei depois de quanto tempo eu sai do chuveiro e as pessoas começaram a chegar uma a uma…

Assim que uma das parteiras(Andreia) chegou ela auscultou o bebê, informou que estava tudo bem. Ficamos no meu quarto, na cama, na bola, de cócoras, nada estava bom! A Massagem aliviava muito, o rebozo também.

Tive muita sede durante o trabalho de parto e minhas doulas queridas era eu fazer um sinal com a boca e a agua aparecia na minha frente!

Num determinado momento pedi pra ir para a piscina e fui! Estava pronta!!! Com muitaaaa água e beeeem quentinha, genteeee do céu isso alivia muito a dor! Sério! Eu entrei na piscina e 50% da dor se foi! Pensei pq não vim pra cá antes…e logo veio a vontade de começar a fazer força…e eu pensava, mas já? Será que já estou no expulsivo? Kkkk

Sim a Doula também tem duvidas de tudo, como qualquer mulher! Ali eu não era a Doula Ana, eu era a Ana mãe de dois filhos nascendo como mãe de três! E dale força pra nosso bebê sair!!!

Eu estava muito relaxada e confortável na posição que estava, quando a parteira “sugeriu” que eu trocasse de posição pra ver se o bebê descia melhor, pois já estava há uns trinta minutos fazendo força, eu me toquei em um momento (sim eu tentei tocar a cabeça do bebê e não senti nada…tava bem alto ainda…ah e só pra lembrar, só “eu” me toquei, mais ninguém!), resolvi virar e tudo mudou! Senti que quando fazia força incomodava muito mais, pois o bebê realmente se movia dentro do meu corpo, reclamei da posição, tentei voltar como estava e veio outro puxo( vontade de fazer força), percebi que realmente na posição “confortável” o bebê iria demorar mais pra desce e resolvi encarar a posição “ruim” fiquei meio de cócoras fiz mais umas cinco ou dez forças e nasceu!!! Simmmm nasceu! As 4:11 da manhã , Meu marido entrou na piscina um pouco antes com a intenção de pegar, mas na posição que eu estava ficou meio impossível e eu e a parteira que pegamos.

Sentamos com ela em meus braços, eu ali extasiada, encostada em meu esposo que chorava de alegria! Depois de muitas caricias fomos “ conferir” o sexo e Sim! Era nossa pequena menina que estava em nossos braços! Nossa tão esperada Catarina…Todos muito emocionados de olhos atentos…

Ela nasceu dia 18/11/16 as 4:11 hr pesando 3280 gr e medindo 48 CM Apgar 9 e 10 Cheiaaaaa de vernix!

img-20170131-wa0003

Estavam em casa as duas parteiras maravilhosas Andreia, e Giovana, minhas Doulas queridas, Karen e Evelin, minha adorável e invisível fotógrafa Ariane, minha nora Stefanie (grávida de algumas semanas do meu neto(a) ) , meu filho Matheus e o Pedro que dormia…

Nesse momento pedi ao Matheus que fosse acordá-lo, ele veio meio assustado pra perto de nós, meio sem entender o que se passava, e nós contávamos a ele que a irmãzinha dele havia nascido!

Logo depois a parteira sugeriu que fossemos para a cama por causa da placenta ainda não ter saído e eu estar com o sangramento um pouco aumentado, levantei e pluft! A Placenta nasceu! O sangramento parou e o parto acabou! Rs

Fomos para a cama, e lá aconteceu a primeira mamada de nossa princesa…nos olhamos e nos amamos como tinha que ser…

Ela foi pesada, mediram, tiramos fotos, tudo no tempo dela, sem pressa…ela tomou a vitamina k oral, não foi submetida a nenhuma intervenção desnecessária, nem tão pouco ficou longe dos meus olhos atentos. Foi no colo do irmão, do papai…

O Pedro ficou meio perdido por algum tempo…me deram chocolate, ele aproveitou claro! Rs

Chamava ele pra vir perto mas ele estava meio arisco, sem saber como se aproximar…depois de umas duas horas ali ele foi se achegando, deitou ao meu lado e quis mamar, assim adormeceu!

Depois quando era por volta da seis da manhã fui tomar banho sem nenhum mal estar, minhas doulas foram a padaria e depois do banho as parteiras e a fotógrafa forma embora, minha nora e filho foram dormir, e fomos meu esposo, minhas doulas e eu tomar café da manhã!

Que sensação única na vida!!! Uma sensação de paz inexplicável!!!

Sem dormir mas com a energia renovada, feliz, completa!!!

Tomamos café e conversamos animados! Depois fui deitar com minha estrelinha e meu marido e uma de minhas doulas ficaram papeando na cozinha e organizando as coisas…

Logo o Pedro acordou de novo e ficamos todos respirando o ar do amor que pairava em nossa casa…

Catarina minha filha querida, tanto te esperamos, tanto, e vc chegou, com sua leveza e calmaria…Doce Catarina, minha doce estrela!

Nossa conexão com ela sempre foi tão forte que mesmo não sabendo o sexo dela tínhamos tanta certeza que ela viria, mas o medo de estar errados nos impedia de se conectar ainda mais…

Ela contou pro papai numa noite, um mês antes dela nascer que ela estava vindo…

img-20170131-wa0000

Papai passou a mão na minha barriga e ela endureceu como numa contração e assim ficou por uns dez minutos enquanto ele acariciava e depois ele foi descrevendo ela fisicamente e contou-me que era uma menina que estava a caminho! Fiquei feliz e assustada, confusa…rs

Desde aquele dia meu marido tinha ctz que era ela! Eu tinha medo…rs medo de estar errada! Era bom demais pra ser verdade!

Comigo foi diferente porém não menos forte e bonito…

Num dia de pródomos intensos, eu embaixo do chuveiro, alisando minha barriga e conversando com o bebê, me vi rodeada de anjos, todos eles sorriam para mim e no meio deles surgiu a imagem de Nossa Senhora e ela entregou uma menina a mim! Chorei que nem criança! E achei que minha menina viria aquele dia…mas não foi! Os pródomos pararam e ela foi nascer só quase duas semanas depois.

E essa é a história do nascimento no nosso bebê surpresa que não era mais tão surpresa na hora do parto! Mas foi lindo e emocionante como tinha que ser!

Mais uma vez eu Pari!!! Pari no conforto do meu lar cercada de amor e respeito! Desejo do fundo do meu coração que todas as mulheres do mundo tenham esse direito! Todas merecemos! E os bebês também são merecedores de chegarem ao mundo assim, num ambiente acolhedor, escurinho, respeitoso, cercado de amor e empatia.

 

Depoimentos

Minha doula, Karen, que me mostrou que muitos “nãos” podem ser convertidos em um único “sim”. Aquele que terá valor para o resto de sua vida, como a fênix faz a mulher renascer das cinzas, que faz adormecer a mulher fragilizada, para dar espaço a mulher dona de si, do seu destino e mãe. E que fez tudo para que isso acontecesse de uma forma serena, cheia de luz e paz. Para você, querida, que foi meu porto seguro, que fez tudo e que viveu minha perda e tornou isso a maior conquista e descoberta da minha vida: Todo amor que houver nessa vida.

Marilene Pereira

A drenagem linfática sempre me ajudou desde antes da gestação, mas principalmente durante ela, quando os inchaços são mais constantes. Além disso, contar com uma profissional bem atualizada me deixa bastante tranquila em relação ao parto (Karen será minha doula), sem contar todo o acolhimento recebido.

Juliana Ferraz

Conheci a Pamela este ano e recebi um enorme benefício para meu corpo e minha saúde. Sua conduta é profissional de grande qualidade, dedicação e seriedade, sempre preocupada em estudar a saúde de cada paciente em particular. Indico sempre seu trabalho!

Liliana

Bem , conhecer a Karen foi um prazer para mim , Gio e nosso filho Pedro . Iniciamos o preparo perineal com ela no terceiro trimestre de gestação com uma consulta atenciosa e profissional na clinica Healize. Tive uma dedicação da Karen desde o primeiro contato, e eu mesmo sendo médica precisei de muitas informações para meu desempenho no parto. Mesmo com o preparo que nosso corpo nos dá para o parto , a massagem perineal e o uso do EPi nos deixaram seguras frente ao trabalho de parto. O Pedro nasceu de 39 semanas e 3 dias de parto normal sem ipisiotomia sem nenhuma laceração em meu períneo , isso nos deixou muito gratas com o atendimento recebido na Healize.

Carolina Cresciulo

Tenho 68 anos e há 2 anos atrás não estava bem, com o corpo todo enrijecido, fortes dores me impossibilitando de andar ou subir degraus, foi quando decidi experimentar o Pilates, foi a minha cura. Gostaria de dizer que o Pilates tem que ser muito bem orientado e bem acompanhado, o que encontrei na Healize, com uma profissional séria, competente e que está sempre se atualizando com cursos e estudos.

Aidir Maria