BLOG

Os 5 mitos da Hérnia de Disco

Texto por: Lucas Villalta – Fisioterapeuta e Osteopata Se você mora em Sorocaba, tem dores nas costas e foi diagnosticado com hérnia de disco, pode estar confuso e com medo sobre o que fazer. Em primeiro lugar, é muito importante que você tenha confiança nos profissionais com quem está se consultando. Certifique-se de confirmar as credenciais educacionais e […]

23 de setembro de 2020
mitos-da-hernia-de-disco

Texto por: Lucas Villalta – Fisioterapeuta e Osteopata

Se você mora em Sorocaba, tem dores nas costas e foi diagnosticado com hérnia de disco, pode estar confuso e com medo sobre o que fazer. Em primeiro lugar, é muito importante que você tenha confiança nos profissionais com quem está se consultando. Certifique-se de confirmar as credenciais educacionais e profissionais dos profissionais de saúde.

Existem muitas informações incorretas sobre a hérnia de disco. Criamos este conteúdo para ajudar a saber o que é verdade e mentira sobre o assunto.

 

MITO 1 – OS DISCOS PODEM FACILMENTE “ESCORREGAR” PARA FORA DO LUGAR

 

Os discos não deslizam para fora da posição. Na verdade, isso é impossível, uma vez que os discos, as almofadas entre as vértebras, estão firmemente presos à coluna vertebral por fortes ligamentos. Na realidade, os discos herniam em vez de escorregar, normalmente pela degeneração ou protrusão causados pelo envelhecimento normal.

O que ocorre é que há uma degeneração das fibras desse disco e no meio desse disco tem uma substância gelatinosa que pode extravasar podendo comprimir e gerar um processo inflamatório nos nervos da coluna.

 

MITO 2: O REPOUSO É O MELHOR REMÉDIO PARA UMA HÉRNIA DE DISCO

 

Embora possa ser necessário deitar-se durante momentos de dor intensa, exercícios leves geralmente são a melhor abordagem para a dor nas costas, incluindo hérnia de disco, a menos que tenha ocorrido uma lesão violenta repentina. Isso não significa que você deva voltar ao futebol, à dança ou ao levantamento de peso.

Simplesmente caminhar, fazer alongamentos leves e outros exercícios suaves, conforme recomendado por um especialista em coluna, provavelmente ajudará a aliviar a pressão que está causando a dor e colocará as costas em um melhor alinhamento. Quanto mais fortes e bem condicionadas suas costas estiverem no presente, melhor estarão protegidas de lesões no futuro. É sempre melhor consultar o seu especialista em coluna para que os exercícios que você faz sejam personalizados de acordo com as suas necessidades.

O tratamento intervencionista da dor, como injeções de corticosteroides diretamente no forame – a abertura da coluna vertebral onde sai a raiz do nervo – também pode ter um impacto positivo, porém ela só mascara os sintomas da compressão neural e não trata a causa. Devemos sempre em tratar a CAUSA.

 

MITO 3: UM DIAGNÓSTICO DE HÉRNIA DE DISCO SIGNIFICA UM GRANDE PROBLEMA

 

O fato de uma hérnia de disco aparecer em sua ressonância magnética não é necessariamente um indicativo da origem de sua dor. Os discos normalmente se desgastam à medida que envelhecemos, portanto, ter discos herniados não é uma problema médico muito grande. Estudos têm mostrado que a maioria das pessoas, especialmente à medida que envelhecem, tem algum grau de hérnia de disco, mas muitas não apresentam dor associada a essa condição. Na verdade, a hérnia de disco causa dor apenas em uma pequena porcentagem dos pacientes.

 

MITO 4: HÉRNIA DE DISCO SÓ PODE SER TRATADA CIRURGICAMENTE

 

Uma proporção muito alta de hérnias de disco melhora e resolve por conta própria com fisioterapia e medicamentos antiinflamatórios. Com um programa feito sob medida para o seu problema específico, você pode muito bem se recuperar da dor resultante de uma hérnia de disco sem um procedimento cirúrgico.

 

MITO 5 – A DOR NAS COSTAS É UMA CONDIÇÃO INCAPACITANTE PERMANENTE

 

Muitas pessoas acreditam que, uma vez que tenham uma hérnia de disco, nunca ficarão livres de dores nas costas, tendo sofrido uma lavagem cerebral com a ideia de que sempre terão uma amplitude de movimento limitada e um desconforto perpétuo. Esse pensamento em si é incapacitante – levando à inatividade e à depressão. Consultar uma equipe experiente e bem treinada de especialistas em coluna vertebral colocará esse mito de lado de uma vez por todas. Com os devidos cuidados e paciência, você poderá voltar às atividades de que gosta – seja jardinagem, corrida ou levantamento de peso, e cuidar de seu filho(a) sem qualquer dor.

Quando você está lidando com uma hérnia de disco (ou pensa que está), é essencial ter uma equipe integrada de especialistas em coluna trabalhando no seu caso. A natureza complexa dos problemas nas costas pode exigir uma variedade de abordagens inovadoras. Certifique-se de que a equipe com a qual está trabalhando é atenciosa e flexível. Eles devem ter conhecimento abrangente das causas dos problemas de coluna, métodos de diagnóstico de ponta para determinar qual causa está na raiz de sua dificuldade e opções de tratamento para fornecer alívio.

 

Referências

Qaseem A, Wilt TJ, McLean RM, Forciea MA; Clinical Guidelines Committee of the American College of Physicians. Noninvasive Treatments for Acute, Subacute, and Chronic Low Back Pain: A Clinical Practice Guideline From the American College of Physicians. Ann Intern Med. 2017;166(7):514-530. doi:10.7326/M16-2367

Oliveira CB, Maher CG, Pinto RZ, et al. Clinical practice guidelines for the management of non-specific low back pain in primary care: an updated overview. Eur Spine J. 2018;27(11):2791-2803. doi:10.1007/s00586-018-5673-2

French SD, Cameron M, Walker BF, Reggars JW, Esterman AJ. Superficial heat or cold for low back pain. Cochrane Database Syst Rev. 2006;(1):CD004750. Published 2006 Jan 25. doi:10.1002/14651858.CD004750.pub2

Yousefifard M, Zali A, Zarghi A, Madani Neishaboori A, Hosseini M, Safari S. Non-steroidal anti-inflammatory drugs in management of COVID-19; A systematic review on current evidence. Int J Clin Pract. 2020;74(9):e13557. doi:10.1111/ijcp.13557

 

Quer receber mais conteúdos exclusivos semanalmente sobre assuntos como esse e outros? Preencha nosso formulário abaixo:

Depoimentos

Minha doula, Karen, que me mostrou que muitos “nãos” podem ser convertidos em um único “sim”. Aquele que terá valor para o resto de sua vida, como a fênix faz a mulher renascer das cinzas, que faz adormecer a mulher fragilizada, para dar espaço a mulher dona de si, do seu destino e mãe. E que fez tudo para que isso acontecesse de uma forma serena, cheia de luz e paz. Para você, querida, que foi meu porto seguro, que fez tudo e que viveu minha perda e tornou isso a maior conquista e descoberta da minha vida: Todo amor que houver nessa vida.

Marilene Pereira

A drenagem linfática sempre me ajudou desde antes da gestação, mas principalmente durante ela, quando os inchaços são mais constantes. Além disso, contar com uma profissional bem atualizada me deixa bastante tranquila em relação ao parto (Karen será minha doula), sem contar todo o acolhimento recebido.

Juliana Ferraz

Conheci a Pamela este ano e recebi um enorme benefício para meu corpo e minha saúde. Sua conduta é profissional de grande qualidade, dedicação e seriedade, sempre preocupada em estudar a saúde de cada paciente em particular. Indico sempre seu trabalho!

Liliana

Bem , conhecer a Karen foi um prazer para mim , Gio e nosso filho Pedro . Iniciamos o preparo perineal com ela no terceiro trimestre de gestação com uma consulta atenciosa e profissional na clinica Healize. Tive uma dedicação da Karen desde o primeiro contato, e eu mesmo sendo médica precisei de muitas informações para meu desempenho no parto. Mesmo com o preparo que nosso corpo nos dá para o parto , a massagem perineal e o uso do EPi nos deixaram seguras frente ao trabalho de parto. O Pedro nasceu de 39 semanas e 3 dias de parto normal sem ipisiotomia sem nenhuma laceração em meu períneo , isso nos deixou muito gratas com o atendimento recebido na Healize.

Carolina Cresciulo

Tenho 68 anos e há 2 anos atrás não estava bem, com o corpo todo enrijecido, fortes dores me impossibilitando de andar ou subir degraus, foi quando decidi experimentar o Pilates, foi a minha cura. Gostaria de dizer que o Pilates tem que ser muito bem orientado e bem acompanhado, o que encontrei na Healize, com uma profissional séria, competente e que está sempre se atualizando com cursos e estudos.

Aidir Maria