BLOG

Fimose: Deixe meu Pipi em Paz!

Texto por: Juliana Longaresi – Médica Pediatra Os bebês meninos, em sua maioria (90%) nascem com a pele protetora do pênis (prepúcio) grudado na glande. Esta incapacidade de retrair o prepúcio é chamada de fimose fisiológica. Ao final do primeiro ano de vida, 50% dos bebê meninos já conseguirão expor a glande e até 90 % […]

10 de setembro de 2020
fimose

Texto por: Juliana Longaresi – Médica Pediatra

Os bebês meninos, em sua maioria (90%) nascem com a pele protetora do pênis (prepúcio) grudado na glande. Esta incapacidade de retrair o prepúcio é chamada de fimose fisiológica. Ao final do primeiro ano de vida, 50% dos bebê meninos já conseguirão expor a glande e até 90 % dos casos de fimose se resolverão espontaneamente até os 5 anos de idade.

O maior receio dos pais é que essa condição se prolongue e que o bebê evolua para uma fimose verdadeira. Existia uma recomendação médica de fazer uma massagem na hora do banho do bebê que facilitaria a retração do prepúcio. Mas esta prática pode aumentar o risco do bebê apresentar parafimose, que é a pele do prepúcio ficar presa e não conseguir voltar a sua posição normal, comprimindo o pênis e reduzindo a quantidade de sangue que chega até a glande, o que pode levar a um quadro de infecção. A parafimose é uma condição que deve ser resolvida o mais rápido possível e em alguns casos mais graves necessita de resolução cirúrgica.

A massagem e retração forçada também podem causar microlesões no pênis que podem evoluir para regiões com fibrose e aderências. Aumentando assim, a chance de uma fimose fisiológica evoluir para um fimose verdadeira.

Então, para cuidar do pipi do seu bebê, basta puxar gentilmente a pelinha que recobre a glande na hora do banho e lavar a pontinha exposta, sem forçar ou fazer movimentos bruscos.

Caso o bebê apresente infecções de urina recorrente, infecções no pênis, jato urinário fraco, parafimose ou qualquer outra alteração, o bebê precisará ser avaliado por um pediatra ou cirurgião. Existe o tratamento conservador com uso de pomadas com corticóides com taxas de sucesso que podem variar de 65 a 95%. E alguns casos necessitarão do tratamento cirúrgico.

Curiosidade: principalmente após o desfralde é comum os meninos descobrirem o seu pênis e ficar manipulando-o. Nesta exploração do próprio corpo eles podem por conta própria resolver a fimose. Portanto, se o seu filho não tem dificuldade para fazer xixi, infecções etc, deixe o pipi dele em paz!

 

Quer receber mais conteúdos exclusivos semanalmente sobre assuntos como esse e outros? Preencha nosso formulário abaixo:

Depoimentos

Minha doula, Karen, que me mostrou que muitos “nãos” podem ser convertidos em um único “sim”. Aquele que terá valor para o resto de sua vida, como a fênix faz a mulher renascer das cinzas, que faz adormecer a mulher fragilizada, para dar espaço a mulher dona de si, do seu destino e mãe. E que fez tudo para que isso acontecesse de uma forma serena, cheia de luz e paz. Para você, querida, que foi meu porto seguro, que fez tudo e que viveu minha perda e tornou isso a maior conquista e descoberta da minha vida: Todo amor que houver nessa vida.

Marilene Pereira

A drenagem linfática sempre me ajudou desde antes da gestação, mas principalmente durante ela, quando os inchaços são mais constantes. Além disso, contar com uma profissional bem atualizada me deixa bastante tranquila em relação ao parto (Karen será minha doula), sem contar todo o acolhimento recebido.

Juliana Ferraz

Conheci a Pamela este ano e recebi um enorme benefício para meu corpo e minha saúde. Sua conduta é profissional de grande qualidade, dedicação e seriedade, sempre preocupada em estudar a saúde de cada paciente em particular. Indico sempre seu trabalho!

Liliana

Bem , conhecer a Karen foi um prazer para mim , Gio e nosso filho Pedro . Iniciamos o preparo perineal com ela no terceiro trimestre de gestação com uma consulta atenciosa e profissional na clinica Healize. Tive uma dedicação da Karen desde o primeiro contato, e eu mesmo sendo médica precisei de muitas informações para meu desempenho no parto. Mesmo com o preparo que nosso corpo nos dá para o parto , a massagem perineal e o uso do EPi nos deixaram seguras frente ao trabalho de parto. O Pedro nasceu de 39 semanas e 3 dias de parto normal sem ipisiotomia sem nenhuma laceração em meu períneo , isso nos deixou muito gratas com o atendimento recebido na Healize.

Carolina Cresciulo

Tenho 68 anos e há 2 anos atrás não estava bem, com o corpo todo enrijecido, fortes dores me impossibilitando de andar ou subir degraus, foi quando decidi experimentar o Pilates, foi a minha cura. Gostaria de dizer que o Pilates tem que ser muito bem orientado e bem acompanhado, o que encontrei na Healize, com uma profissional séria, competente e que está sempre se atualizando com cursos e estudos.

Aidir Maria